IEL MS: Página de Notícias

14.05.2019
Em formação sobre Green Belt em Lean Six Sigma, IEL capacita gestores a tornar empresas mais eficientes

Em cenário de crise, redução da demanda e aumento de concorrência, investir em inovação e aumento de produtividade são estratégias vitais para o sucesso das empresas. Pensando nisso, o IEL deu início, na noite de ontem (13/05), em Campo Grande (MS), à formação Lean Six Sigma com o curso Green Belt, que tem como objetivo capacitar gestores a o tornar as organizações mais eficientes em todos os seus processos. 

Segundo o coordenador de desenvolvimento empresarial do IEL, Hugo Bittar, a formação já foi ofertada em Três Lagoas em 2018 e, devido ao sucesso, está sendo disponibilizada em Campo Grande. “Realizamos em Três Lagoas inicialmente por causa da presença maciça das indústrias na região e agora estamos oferecendo na Capital. Hoje a gestão de processos combinada com ferramentas estatísticas torna a empresa mais ágil para se adaptar às mudanças de mercado e tecnologias”, afirmou.

O instrutor Fábio de Souza Magri, que também é administrador de empresas e engenheiro-mecânico, explicou que o objetivo do curso de Lean Six Sigma é capacitar as pessoas para melhorar o desempenho dos processos, produtos e serviços focado na visão do cliente. “Trabalharemos seis módulos em quatro seminários, com atividades teóricas e práticas. O Lean Six Sigma basicamente é a metodologia qualitativa, quantitativa e estatística para processos. Então a maioria das pessoas busca rentabilidade, mas aqui também trabalharemos a melhoria dos processos”, detalhou.

Na avaliação da analista de planejamento e controle de produção da ADM do Brasil, Maria Luiza Mota Spengler, participar do curso é uma oportunidade de melhorar sua atuação na empresa. “Acredito que essa é uma área importante e bastante interessante e vai contribuir com meus trabalhos em análise de estatística e resolução de problemas”, destacou. 

O engenheiro-civil Eurípedes Wesley decidiu fazer o curso para se atualizar e melhorar seus processos. “Trabalho de forma autônoma e recentemente ouvi falar de Lean Six Sigma e achei bastante interessante. Quando soube que o IEL estaria oferecendo o curso aqui em Campo Grande fiz questão de participar. Acho que é fundamental para os profissionais que desejam se destacar no mercado de trabalho buscar capacitações desse tipo”, reforçou.

Pensando no mercado de trabalho exigente foi que a acadêmica de Engenharia de Produção, Fabiana Toome Wauke, se matriculou no curso oferecido pelo IEL. “Sei que o mercado está cada vez mais exigente e decidi me antecipar um pouco a isso fazendo o curso ainda na faculdade, para quando terminar minha graduação já estar mais preparada do que a maioria dos meus colegas”, concluiu.